Nordeste ou Caribe? Destinos com mil e uma possibilidades

Em tempos de alta do dólar, a preferência em viajar para destinos nacionais têm saído na frente, mas, ainda assim, viajar dentro do Brasil, principalmente para o litoral nordestino, não é uma das opções mais econômicas. O que pesa muito no bolso são as passagens aéreas e a hospedagem e,  se o casal quiser fazer aqueles passeios para lugares paradisíacos, também tem que fazer uma reserva de grana extra.

Nossas férias estão chegando e começamos a ver destinos que caibam mais no nosso orçamento. Como viajar é um dos melhores investimentos que podemos fazer em nossas vidas, gostamos de conversar bastante sobre o queremos e avaliarmos todos os prós e contras para os destinos que pensamos como possibilidade. Não pensamos apenas na grana, que é muito importante a ser considerada, mas, também,  na qualidade da viagem como um todo, desde os voos (diretos, conexões, escalas), traslados do aeroporto para onde vamos nos hospedar, se vamos alugar um carro ou se a cidade tem um sistema de transporte eficaz, roteiro da viagem, onde vamos comer, quanto tempo vamos ficar, o que queremos conhecer e se tudo poderá estar dentro das nossas expectativas. A gente sempre pensa em aproveitar o máximo do tempo que temos em um destino para conhecermos as coisas com calma e sentir o lugar não só como turistas, mas como se estivéssemos morando lá por aqueles dias que estamos de passagem.

Fizemos isso na nossa última viagem à Buenos Aires e foi a melhor coisa para realmente conhecermos a cidade dos dois lados: o do turista e o do morador de Buenos Aires. Andamos muito a pé, de metrô, muitas vezes em horário de pico e achávamos que, ou não conseguiríamos entrar no vagão ou não conseguiríamos sair dele de tão lotado, conversamos muito com os argentinos, saímos um pouco da rota turística e fomos a lugares que não são mencionados em nenhum guia de viagem e achamos ótimo. Esse tipo de viagem fica mais fácil de ser feita em períodos de baixa temporada, quando as coisas estão com o custo menor e tem menos pessoas circulando.

mapa-maceio-recife
Fonte: Mando um Postal

A primeira decisão que tomamos para a viagem das próximas férias foi a que queríamos curtir uma praia e, como pretendemos ir num período de baixa temporada e de chuvas no Sul e Sudeste do Brasil, o Nordeste tornou-se uma opção a ser mais pensada com carinho.

Começamos a pesquisar passagem, hotéis, pousadas, resorts all inclusive e chegamos a avaliar a possibilidade de não ficar só em um estado, pois dá para chegar de avião, por exemplo, em Alagoas, ficar uns dias curtindo as praias, depois partir para Pernambuco, ficar mais uns dias e se continuar a animação, partir para Paraíba e depois para o Rio Grande do Norte. Em todos esses destinos há, no mínimo, umas 6 praias para serem conhecidas, fora outras coisas para se fazer. Para fazer esse programa à dois, o melhor custo benefício seria alugar um carro e ainda curtir a viagem de forma mais independente. Comparando os custos entre ficar em um resort all inclusive durante 7 dias e fazer esse roteiro em uns 15 dias, o valor final não fica tão diferente e há a vantagem de se conhecer mais lugares por conta própria. É claro que alugar carro e dirigir durante uma viagem de férias pode ficar meio cansativo, mas se planejar tudo direito, contando também com alguns imprevistos, ainda assim vale muito a pena!

A outra opção seria não fazer todo esse roteiro em uma única viagem de férias e sim em duas. O passeio fica menos cansativo e é possível ficar mais tempo em alguns desses destinos. Se essa também for a sua ideia, dá para escolher entre descer em Natal e depois ir para a Paraíba e Pernambuco ou descer em Maceió e depois ir para Pernambuco.

Para se ter uma ideia do tempo das viagens entre as capitais:

Maceió – Recife: 4 horas
Recife – João Pessoa: 1, 5 horas
João Pessoa Natal: 3 horas

Se o casal curte mais ficar em um lugar só e fazer alguns passeios, todos esses lugares têm ótimas pousadas, hotéis e resorts fantásticos. O Trip Advisor  e o  Expedia podem ajudar muito na escolha de um bom lugar para ficar e na compra das passagens. Usamos esses dois sites durante nossos planejamentos de viagens e sempre dá certo.

Praia dos Carneiros - Pernambuco
Praia dos Carneiros – Pernambuco / Fonte: Guia 4 Rodas

A gente sempre gosta de comparar as viagens nacionais com possíveis viagens internacionais. Isso faz com que a gente avalie mais possibilidades e pense no que podemos ter de melhor custo x benefício viajando dentro do Brasil ou para fora dele. Ao mesmo tempo que avaliamos as possibilidades de viagem para o Nordeste, começamos a ver como seria se, por acaso, decidíssemos ir para o Caribe venezuelano e, dentro do período que pretendemos tirar nossas férias, as praias que possivelmente poderíamos ir, sem pegar muita ou quase nenhuma chuva, seriam as Ilhas ABC (Aruba, Bonaire e Curaçao) ou Los Roques e Isla Margarita. A diferença entre essa parte do Caribe e os destinos do Nordeste que escolhemos é que nessas ilhas precisaríamos levar dólar para cambiar para a moeda local e, devido à alta do dólar, teríamos que ficar menos tempo em viagem, para não termos um gasto superior ao que estamos planejando.

Pela nossa pesquisa em vários sites e blogs sobre as ilhas que são fantásticas de tão lindas, também percebemos que os passeios são bem caros, cerca de uns R$500,00 (ou mais) o casal, em algumas das ilhas teríamos que alugar carro para conhecermos melhor o lugar e quase todas as praias cobram entrada, uma média de U$6,00. Concluímos que daria para conhecer ou uma das Ilhas ABC ou Los Roques ou Isla Margarita com o custo similar ao da viagem para o Nordeste e daria para ficar, no máximo, 5 dias, para não passar demais do limite de investimento para a viagem.

Arquipélogo de Los Roques
Arquipélogo de Los Roques / Fonte: Google Imagens

Ao pensar sobre a sua viagem de férias é legal avaliar todas as possibilidades, ler muito e pesquisar sobre o local, verificar sobre como vai estar o clima no período que você quer viajar, a moeda local, como vai ser toda a logística e infraestrutura de transporte e turismo, entre vários outros aspectos, pois tudo interfere no tempo e no custo final da viagem. Quando o passeio é à dois tudo tem que funcionar bem para o casal, assim fica tudo melhor ainda 😀

Links úteis e fontes que usamos para pesquisar sobre os destinos que citamos neste post:

Viaje na Viagem – Praiômetro (média de chuvas para o nordeste e Caribe)
Mando um Postal – roteiro de carro pelo Nordeste
Melhores Destinos – Ilhas ABC
Blog Apaixonados Por Viagens – Guia de Los Roques

Leia mais:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s